Buscar
  • robsoncardoso9

Acabou o 1º dia de ENEM, e agora?

Professores e a Coordenação Pedagógica do Cursinho da Esquema Pro, detalham a edição para você!

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio aconteceu neste domingo (17) e contou com 45 questões de Linguagem e Códigos e 45 questões de Ciências Humanas, além da redação (com o tema “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”).

Nesta edição, o Enem bateu a maior taxa de abstenção da história, sendo 51,5% de ausentes e inclusive, alguns participantes barrados por superlotação, e não foram poucos! Segundo o Inep, foram onze lugares com este caso. A alternativa para estes será reclamar diretamente na plataforma do Inep, na esperança de uma reaplicação, ainda sem respostas para os casos, que serão analisados individualmente.

E os conteúdos? A edição de 2020 trouxe questões sobre desigualdade de gênero, espaço agrário, urbanização do Brasil, o papel da América Latina no mundo e a geopolítica dos Estados Unidos, isto é, variando entre questões fáceis, médias e difíceis, incluindo uma pluralidade de fontes e temas sociais que se fizeram presentes em toda a prova.

Em linguagens por exemplo, as funções da linguagem e gêneros textuais, são sempre esperados, bem como as linguagens não verbais, também caíram! O exame, trabalhou textos que mexem com assuntos de temática social, como a desigualdade de gênero e a sociedade patriarcal. Usou de músicas para analisar mais interpretação e menos gramática.

Nas Ciências Humanas, sobretudo em geografia, o Enem não usou de termos atuais, com exceção de uma questão que tirava de Mariana, a culpa de todas as tragédias da região e outra questão sobre Brasil e o comércio internacional. Fato curioso foram ter mais de vinte questões de geografia, o que não é habitual. Nisso foram abordados recursos hídricos e reforma agraria, modernização do campo e urbanização, questões de toyotismo e cartografia e finalizando com estruturas geológicas.

Em História, a surpresa foi não cair temas do século XX, que comumente são os que os candidatos mais estudam e inclusos aí, estão a ausência de ditadura e era Vargas sem falar das grandes guerras e dos presidentes brasileiros! Já o que caiu, foi sobre constituição jurídica da Babilônia e a América Latina em relação ao mundo, o que mais chamaram mais a atenção.

Filosofia e sociologia trouxeram temas pouco esperados com autores e pensadores que precisavam te Los sido estudados para resolver a questão! Os movimentos sociais e um pouco de antropologia, e teve também uma pitada de economia política.

No geral, a prova foi... Foi preciso contextualizar as inúmeras imagens, analisar bem os textos, ligar as fontes e entender a cartografia das questões, para poder responder testes medianos envolvendo temas sociais e contemporâneos. Lembrando que a pandemia não fora trabalhada na prova,

mas a redação serviu para incutir nos candidatos, um boa reflexão sobre os problemas que nossa juventude vem enfrentando neste século.

Quer saber a sua nota no Enem 2020?

No Enem, não basta somar a quantidade de acertos na prova. Para isto, é preciso mais que contabilizar os acertos!

O exame segue o sistema de Teoria de Resposta ao Item (TRI), no qual a nota final é calculada com base na coerência das respostas do candidato. O método tem o intuito de nivelar de forma mais justa, os estudantes e evitar que ganhem pontos por chute, por marcar apenas uma letra das alternativas ou pura sorte.

Então, a prova do Enem é divida em questões de nível fácil, médio e difícil e quanto maior a coerência entre os níveis das questões acertadas, maior a nota do candidato. Logo, não adianta o candidato, acertar muitas questões de nível médio ou difícil, se ele não acertar a maioria das questões fáceis.

E o que dizem os organizadores? Enquanto o presidente do Inep, Alexandre Lopes, ressaltou que a aplicação foi "tranquila do ponto de vista da saúde sanitária", o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirma como vitorioso e de sucesso, este Enem. Ainda assim, o estado do Amazonas (56 cidades) e mais duas cidades de Rondônia suspenderam a prova devido à pandemia. O índice de abstenção já exclui os dados de participantes destes locais. Nesta edição foram 5,7 milhões de inscritos. Destes, 96 mil farão o exame digital em outras datas (31 de janeiro e 7 de fevereiro).

O Enem 2020 contou com 2.967 participantes que foram eliminados por portar equipamentos eletrônicos, saírem da sala antes do horário permitido, entre outros. Aqui na região de Ribeirão Preto!

Por aqui, os candidatos e pessoas que querem chegar bem no ENEM, ora para aproveitar uma boa nota e ganhar bolsas de descontos em universidades privadas, ora para quem quer garantir o acesso à universidades públicas ou institutos federais, podem contar com o cursinho da Esquema Pro!

Uma metodologia própria que mistura professores de mercado, que falam a língua de quem tem um sonho e sabe o que quer da vida, mais uma estrutura nova, que acolhe os alunos, a Esquema Pro chegou em Ribeirão Preto e já está cm suas matrículas abertas!

Vale a pena se destacar e chegar preparado para um exame como este que pede muito fôlego de leitura, uma análise dos textos e que não se deixa vacilar nas imagens ou nas linguagens não verbais! Assim, estudar na Esquema Pro, prepara você e te deixa mais perto dos seus projetos!

Invista em você, faça por merecer e coloque como certo, que o seu projeto passa por aqui! Esquema pro, com parcelas que cabem no seu bolso e um cursinho que tem você como protagonista! Vem pra nossa nave, venha pra Esquema Pro!


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo