Buscar
  • robsoncardoso9

Existe um ranking de faculdade ruim?

Não só números, estrutura ou professores, mas a qualidade de ensino é o que faz a diferença! É nisso que se baseiam os cursinhos da Esquema Pro!


No Brasil, anualmente, o Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), avaliam mais de 2132 instituições de ensino superior, entre faculdades públicas e privadas, por toda a extensão do território.

Na última avaliação, um total de 14,9% delas, isto é, 307 faculdades ficaram abaixo esperado (entenda-se inadequado), ou seja, não alcançaram notas satisfatórias no Índice

Geral e Cursos (IGC) entre os vários indicadores.

Numa escala que vai de 1 a 5,os índices apontam que notas abaixo de 3 são insatisfatórias. Logo, para as faculdades que não obtêm notas satisfatórias, há uma série de restrições, como não poder ampliar o número de vagas; abrir novos cursos; receber visitas de avaliadores; redução de vagas; suspensão de vestibulares, entre outras.


Como se Calcula o Índice Geral de Cursos?

O calculo é construído com base numa média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. Assim, sintetiza num único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. O IGC é divulgado anualmente pelo Inep/MEC, imediatamente após a divulgação dos resultados do Enade.

O indicadores que o CPC considera dos cursos são: -Conceito Enade (desempenho dos estudantes na prova do Enade);

-Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD);

-Corpo docente (informações do Censo Superior sobre o percentual de mestres, doutores e regime de trabalho);

-Percepção dos estudantes sobre seu processo formativo (informações do Questionário do Estudante do Enade).

Por isso, com a média dos cursos avaliados no ano do cálculo, com os CPC dos dois anos anteriores, a divulgação se refere, geralmente, a um período de três anos. A única regra para a avaliação ter o seu IGC calculado, é a instituição possuir ao menos um curso com estudantes concluintes inscritos no Enade dentro do período de três anos. Obviamente, que os cursos tenham CPC calculado.


E os Resultados?

Desde o último ciclo de avaliações nenhuma universidade particular ficou abaixo de 3. Diferenciando pela profundidade da pesquisa, amplitude das áreas de conhecimento e titulação de seus profissionais, A universidade é a mais abrangente, seguido por um centro universitário e menor que este, está a faculdade, portanto, há apenas faculdades e centros universitários no ranking das instituições particulares “reprovadas” pelo MEC. Geralmente, as más posições do ranking são as faculdades particulares! Diferenciam-se pela estrutura nova e ou grande, mas peca nos outros índices citados acima. Instituições que prezam pelo EAD também vêm sofrendo, ultimamente, com os descasos e falta de suporte, como mostram os resultados:

-Instituto Superior de Educação Vera Cruz; -Faculdade de Tecnologia de Cruzeiro do Oeste;

-Faculdade de Música Carlos Gomes;

-Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Itapetiniga;

São as faculdades do Estado de São Paulo, com ou sem fins lucrativos, mas todas particulares, que ficaram com os índices inadequados (abaixo do esperado).

Os centro universitários que não

obtiveram bom desempenho foram:

-Observatório Brasileiro de Música;

-Centro Universitário Paulistano;

-Centro Universitário Luterano de Manaus; Como escolher sua Instituição?

Primeiro, converse contigo! Quais são seus interesses? Como anda sua vida, seu tempo e bolso! Depois, converse com seus familiares! Assim, saberá quanto tempo, energia e grana terá para investir em sua carreira!

A estrutura faz grande diferença e em cidades mais quentes, salas climatizadas, cadeiras almofadas, ambiente exclusivo universitário, tornam-se necessidade! Os professores devem ser mestres e doutores para garantir segurança e maturidade em seus assuntos! Ainda assim, procure por profissionais que atuam no mercado, se possível, trazendo um pouco da extensão (aplicação da universidade na comunidade), para a sala de aula. Leia sobre as parcerias, os financiamentos, as notas do curso e a reputação da mesma nas avaliações internas e externas, seja Enade ou quaisquer outros! Fale com seus amigos que passaram por elas e investigue sobre... uma localização que faça parte de sua rotina encaixaria bem, evitando estresse.

No mais, é momento! Seu momento ligado à arquitetura, à decoração, ao estilo de aula, que pode mudar ou se agregar à outras modas, mas que interferem, ou deveriam, intervir menos na qualidade de ensino, que é o diferencial esperado de um curso! Vá pra cima, qualifique-se e ganhe o respaldo da própria universidade, senão, seu currículo não será garantido nem mesmo por você! Em Ribeirão Preto...

Você conta com uma instituição que consegue reunir esses diferenciais e coloca à prova, diariamente, o fato do aluno não ser mais um número, uma parcela ou boleto, mas um estudante! Falo agora da Esquema Pro!

Não importa onde for, vá preparado! Assim nasceram os cursinhos da Esquema Pro, onde você estuda e é atendido com respeito e qualidade, para aumentarem as suas chances de aprovação nos vestibulares e adentrar uma universidade!

Com tudo o que discutimos acima e mais a vantagem de ter preços que cabem no seu bolso, parcelas pequenas e valores abaixo do mercado, esperamos você com nosso grande potencial e a reunião dos pontos mais positivos na área dos estudos! Seu esquema passa por aqui!

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Estação de estudos 

16 3235-4900

16 99741-0984

Av. Dom Pedro I, 269 
Bairro: Ipiranga 
Ribeirão Preto - SP

Av. Dom Pedro I, 269 
Bairro: Ipiranga 
Ribeirão Preto - SP

  • Instagram
  • Facebook

Contato

© 2020 by Esquema Pro | ENEM | PRÉ VESTIBULAR | ENCCEJA

  • Whatsapp Esquema Pro